jusbrasil.com.br
17 de Dezembro de 2018
    Adicione tópicos

    ASPR expande com sede em Manaus

    Publicado por Expresso da Notícia
    há 7 anos

    Com os olhos atentos ao movimento da economia nacional, os diretores da ASPR Auditoria e Consultoria deram passo importante em maio. A empresa, com sede em São Paulo e no Grande ABC, inaugurou unidade em Manaus e que segue plano de expansão previsto para este ano com duas unidades, uma delas em Campinas. As duas já estão em funcionamento.

    Em Campinas, a expectativa é incrementar a carteira de clientes naquela rica região do Estado de São Paulo. E em Manaus a estratégia é aproveitar a mobilização do empresariado local junto ao Poder Público para colocar em prática investimentos em infraestrutura para transporte da produção de toda a Amazônia Legal, que fortalecerá as indústrias já instaladas e atrairá novos negócios.

    A decisão de ter estrutura física em Manaus decorre da longa atação da empresa na região. A ASPR atende clientes na capital do Amazonas há 15 anos. Neste período, teve contato aprofundado com as peculiaridades locais na parte econômica, tributária e de legislação. Executa trabalhos conjuntos com a DD&L (Denys, Dantas & Lopes) Advogados Associados, um dos princípios players na Zona Franca de Manaus de serviços de advocacia especializada e consultoria em diversos ramos do direito, com destaque para as áreas do Direito Civil, Alfandegário, Comercial, Tributário, Trabalhista, Societário, Empresarial, Administrativo e do Consumidor, com foco principal no atendimento dos investimentos em projetos locais.

    “Os principais projetos da DD&L, e também da ASPR, estão ligados a assessorar empresas a entender as leis de incentivos fiscais e financeiros, previstos na Legislação da Zona Franca de Manaus, do sistema SUFRAMA - ADA/FINAM, do Estado do Amazonas”, explica o sócio-diretor da ASPR, Ary Silveira Bueno.

    No evento, que marcou a inauguração da nova unidade, o sócio-diretor da DD&L, Átila Denys, ressaltou que a decisão da ASPR é apenas consequência do trabalho realizado em mais de uma década com indústrias locais. Átila Denys, atua há mais de 30 anos em Manaus e divide o comando da DD&L com Cláudio Lopes Bernardino e José Alberto Dantas.

    Futuro

    A unidade da ASPR em Manaus, que será gerenciada por Tiago Sampaio, contador, auditor e consultor, pretende atender às empresas que irão itensificar os investimentos na região, após a mobilização da CNI (Confederação Nacional das Indústrias) e da Ação Pró-Amazônia - Associação das Federações das Indústrias de nove estados da Amazônia Legal (Mato Grosso, Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins). As entidades entregaram ao Governo Federal o Projeto Norte Competitivo, que prevê investimentos pesados em infraestrutura para transporte.

    O estudo prevê que seria necessário realizar cerca de 150 obras que somariam R$ 52 bilhões. A idéia é priorizar 71 projetos que somam R$ 14 bi de injeção de dinheiro na economia local até 2020. “É com estes números na mão que decidimos e trabalhamos. Se nos envolvemos com assessoria, auditoria e/ou contabilidade em 1% destes projetos, estamos falando em R$ 140 milhões de reais, portanto com grande potencial de geração de faturamento pela Unidade de Manaus, justifica Ary Silveira Bueno, que também esteve na inauguração ao lado do sócio-diretor Pedro Cesar da Silva.

    Em Manaus, a lista de clientes já tem nomes como Microservice, Yamaha, Videolar, Unicoba, Knauf, Isopor e Sanyo, entre outras. Já realizou na nova instalação evento sobre DIPJ (Declaração de Imposto de Renda Pessoa Juridica) para o empresariado local no mês de junho. A ASPR completará em setembro 19 anos, e passa a atuar com quatro unidades, que somam hoje 120 profissionais nas áreas de auditoria, consultoria e contabilidade.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)