jusbrasil.com.br
28 de Julho de 2021
    Adicione tópicos

    ASPR expande com sede em Manaus

    Publicado por Expresso da Notícia
    há 10 anos

    Com os olhos atentos ao movimento da economia nacional, os diretores da ASPR Auditoria e Consultoria deram passo importante em maio. A empresa, com sede em São Paulo e no Grande ABC, inaugurou unidade em Manaus e que segue plano de expansão previsto para este ano com duas unidades, uma delas em Campinas. As duas já estão em funcionamento.

    Em Campinas, a expectativa é incrementar a carteira de clientes naquela rica região do Estado de São Paulo. E em Manaus a estratégia é aproveitar a mobilização do empresariado local junto ao Poder Público para colocar em prática investimentos em infraestrutura para transporte da produção de toda a Amazônia Legal, que fortalecerá as indústrias já instaladas e atrairá novos negócios.

    A decisão de ter estrutura física em Manaus decorre da longa atação da empresa na região. A ASPR atende clientes na capital do Amazonas há 15 anos. Neste período, teve contato aprofundado com as peculiaridades locais na parte econômica, tributária e de legislação. Executa trabalhos conjuntos com a DD&L (Denys, Dantas & Lopes) Advogados Associados, um dos princípios players na Zona Franca de Manaus de serviços de advocacia especializada e consultoria em diversos ramos do direito, com destaque para as áreas do Direito Civil, Alfandegário, Comercial, Tributário, Trabalhista, Societário, Empresarial, Administrativo e do Consumidor, com foco principal no atendimento dos investimentos em projetos locais.

    “Os principais projetos da DD&L, e também da ASPR, estão ligados a assessorar empresas a entender as leis de incentivos fiscais e financeiros, previstos na Legislação da Zona Franca de Manaus, do sistema SUFRAMA - ADA/FINAM, do Estado do Amazonas”, explica o sócio-diretor da ASPR, Ary Silveira Bueno.

    No evento, que marcou a inauguração da nova unidade, o sócio-diretor da DD&L, Átila Denys, ressaltou que a decisão da ASPR é apenas consequência do trabalho realizado em mais de uma década com indústrias locais. Átila Denys, atua há mais de 30 anos em Manaus e divide o comando da DD&L com Cláudio Lopes Bernardino e José Alberto Dantas.

    Futuro

    A unidade da ASPR em Manaus, que será gerenciada por Tiago Sampaio, contador, auditor e consultor, pretende atender às empresas que irão itensificar os investimentos na região, após a mobilização da CNI (Confederação Nacional das Indústrias) e da Ação Pró-Amazônia - Associação das Federações das Indústrias de nove estados da Amazônia Legal (Mato Grosso, Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins). As entidades entregaram ao Governo Federal o Projeto Norte Competitivo, que prevê investimentos pesados em infraestrutura para transporte.

    O estudo prevê que seria necessário realizar cerca de 150 obras que somariam R$ 52 bilhões. A idéia é priorizar 71 projetos que somam R$ 14 bi de injeção de dinheiro na economia local até 2020. “É com estes números na mão que decidimos e trabalhamos. Se nos envolvemos com assessoria, auditoria e/ou contabilidade em 1% destes projetos, estamos falando em R$ 140 milhões de reais, portanto com grande potencial de geração de faturamento pela Unidade de Manaus, justifica Ary Silveira Bueno, que também esteve na inauguração ao lado do sócio-diretor Pedro Cesar da Silva.

    Em Manaus, a lista de clientes já tem nomes como Microservice, Yamaha, Videolar, Unicoba, Knauf, Isopor e Sanyo, entre outras. Já realizou na nova instalação evento sobre DIPJ (Declaração de Imposto de Renda Pessoa Juridica) para o empresariado local no mês de junho. A ASPR completará em setembro 19 anos, e passa a atuar com quatro unidades, que somam hoje 120 profissionais nas áreas de auditoria, consultoria e contabilidade.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)